Sim, gostaria

de obter melhores resultados

com a Goodyear

Entrar em contacto

Marcus Eitel & Linda Werab

Spedition Eitel, Alemanha



Claro, demorou algum tempo a organizar os dados dos pneus. Mas agora, o sistema de monitorização de pneus TPMS ajudou a Eitel Spedition, com sede em Nagold, perto de Estugarda, Alemanha, a evitar até 70% dos casos imprevistos de danos nos pneus. Uma vantagem competitiva para um especialista em logística de entregas just-in-time.

O TPMS simplesmente vê as coisas que nós não conseguimos ver.

Pôr os dados a trabalharem para nós

“Na verdade, adoraríamos levar a nossa abordagem de dados ainda mais longe do que fazemos agora’, explica Linda Werab, filha do diretor administrativo Marcus Eitel e nativa digital na equipa. “Existem tantas possibilidades que vemos, tendo passado cerca de 2 anos com a solução TPMS. Queremos ajustá-lo ainda melhor às nossas necessidades específicas.'

“Ao todo, gastava cerca de seis horas com os dados dos pneus por semana quando introduzimos o sistema. Agora são cerca de duas horas. O que é suficiente para realmente nos ajudar e fazer a diferença em termos de gestão de pneus, carga e motorista. Existem coisas que não conseguimos prever. Uma jante com uma racha fina. Ou danificar o pneu gémeo interno num camião de gôndola rebaixada. Além disso, só as verificações visuais demoram muito tempo a fazer.”

“Assim, graças à solução TMPS, economizamos tempo e evitamos problemas e avarias. Claramente.”

Sempre certos

‘Não importa com quem se fala, os dados estão sempre certos”, acrescenta Marcus Eitel, Diretor Geral. “Pode ser um motorista, a quem podemos querer dar algumas dicas sobre o estilo de condução. Ou avisá-los sobre a perda gradual de pressão ou acompanhar as mudanças de temperatura dentro ou fora do pneu.”

“Mas o aspeto bom é que vamos para o fim de semana sem preocupações. Com a solução TPMS, evitamos até 70% dos casos de danos inesperados quando os camiões estão na estrada. O sistema simplesmente vê as coisas que nós não conseguimos ver.”

Pessoas que fazem os dados do pneu funcionarem

“Demorou um pouco até termos o sistema acertado para nós,“ explica Linda. "Portanto, dediquem um pouco de tempo a perceber o que os dados significam exatamente para vocês. Ajustem. Os dados precisam sempre das pessoas. Sabe, tipos de carga, temporadas... Muitos fatores em jogo. Temos de ver o contexto para conseguirmos perceber o que está a acontecer.”

“E claro que ainda precisamos das verificações,” acrescenta Marcus. “Conversem com os vossos técnicos e motoristas. Vocês são o elo entre os dados, os pneus, o camião e o vosso pessoal.”

“Mais uma coisa, Goodyear. Adoraria poder encomendar os meus camiões e reboques com os sensores Goodyear já integrados. Só para que saibam. Eu comprava-os!” (sorrisos)

Assim, graças ao sistema TMPS economizamos tempo e evitamos problemas e avarias. Claramente.
de redução
na repartição *
*Comparação de 50 frotas antes e depois da instalação do Goodyear TPMS em 2019